A ausência de atividade física tem sido um dos maiores fatores para o aumento do número de casos de câncer de mama. Dados do Ministério da Saúde apontam que inatividade física correspondeu à maior fração do valor total (4,6%), seguida pelo não aleitamento materno (4,4%), excesso de peso (2,5%) e consumo de bebida alcoólica (1,8%).
Além disso, no Brasil, em 2020, cerca de oito mil casos de câncer de mama tiveram relação direta com fatores comportamentais como os citados acima. O número representa 13,1% dos 64 mil casos novos de câncer de mama em mulheres com 30 anos e mais, em todo o País, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).
Em função desses fatores, o auto-exame pode ser o caminho para a descoberta da doença na fase inicial e da realização de um tratamento exitoso. Portanto, neste mês de outubro, em que se realiza o Outubro Rosa (mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama), dê um toque de coragem pela vida. Faça seu auto-exame e previna-se!

Com informações do INCA