Em assembleia realizada, nesta sexta, 26/11, para pressionar a Prefeitura e a Empresa a avançar nas negociações da Campanha Salarial 2021, os/as trabalhadores/as da EMPREL deliberaram por realizar paralisações de advertência na segunda, 29/11, e quarta, 01/12, no horário das 9 às 12 horas, além de propor que o Acordo Coletivo de Trabalho 2021 seja assinado com a manutenção de todas as demais cláusulas, mantendo em aberto as negociações sobre reajuste salarial, teletrabalho e revisão dos planos de cargos.
Na ocasião, também foi aprovada a Pauta de Reivindicações da Campanha Salarial 2022 com, dentre outros, os seguintes itens:
• Reajuste dos salários e demais cláusulas econômicas com base na inflação acumulada de 2021, mais um ganho real equivalente ao crescimento da receita do ISS, neste mesmo ano;
• Regulamentação do teletrabalho;
• Revisão dos planos de cargos;
• Revisão das regras e valores da participação nos resultados.

Nova assembleia será realizada na próxima quinta-feira, 02/12, às 9 horas, para avaliar a Mesa Geral realizada nesta sexta, bem como a reunião com a Direção da EMPREL que ocorrerá no dia 01/12, às 17 h, e, caso não tenha havido avanços nas negociações, deliberar sobre a deflagração de greve da categoria.